Dia Mundial da Osteoporose: como manter a boa saúde dos ossos?

A prevenção da osteoporose é muito importante para quem pretende envelhecer com saúde. 

Celebrado no dia 20 de outubro, o Dia Mundial de Combate a Osteoporose é dedicado à prevenção desse distúrbio caracterizado pela diminuição da densidade óssea, causando fragilidade esquelética e aumentando o risco de fraturas.

Para tratar a osteoporose, primeiro é importante ter um diagnóstico detalhado, feito por um ortopedista. Se as dores são constantes e a intensidade aumenta gradativamente, é válido procurar esse especialista para realizar exames e manter um acompanhamento, a fim de prevenir a total fragilidade dos ossos.

O tratamento é feito, normalmente, à base de medicamentos que ajudam nessa reposição de cálcio e no alívio das dores, uma alimentação rica no mineral e exercícios físicos regulares, para fortalecer os ossos e os músculos do corpo.

Hábitos saudáveis fortalecem os ossos

Abaixo listamos alguns hábitos que pode te ajudar a manter a saúde dos ossos. Veja quais são eles!

  • Alimentação saudável: a prevenção da diminuição da massa óssea pode ser realizada em qualquer idade, sendo mais eficaz na infância e na juventude. Para isso é recomendada a ingestão de cálcio (1.200mg por dia para adultos saudáveis e, para as mulheres que estão no período pós-menopausa a ingestão deve ser de 1.500mg ao dia). Os alimentos ricos em cálcio são os leites e derivados, as hortaliças de folhas verdes escuras e a soja também.
  • Exposição solar: Os mesmos 15 minutinhos no sol que são indicados para aumentar os níveis de vitamina D no organismo também pode beneficiar no tratamento e na prevenção da osteoporose. Isso acontece porque a substância aumenta a absorção de cálcio no nosso corpo, fazendo a biodisponibilidade entre os nutrientes.
  • Exercícios físicos regulares: pessoas fisicamente ativas possuem uma maior massa óssea, se comparada aos sedentários, logo, isso ajuda a prevenir essa perda causada pela osteoporose.
  • Não fumar e evitar o consumo de bebida alcoólica: o cigarro prejudica a massa óssea de forma direta e indireta, pois as substâncias tóxicas presentes no produto enfraquecem as células responsáveis pela formação dos ossos e modificam o metabolismo do estrogênio, o hormônio feminino que tem como função proteger o tecido ósseo. Já o álcool dificulta a absorção de cálcio pelo organismo, o que gera a diminuição da massa óssea.

E lembre-se sempre de consultar-se com um ortopedista e fazer exames para avaliar a densidade óssea. Mulheres acima dos 65 anos e homens com mais de 70 devem realizá-los anualmente.

Artigo escrito por Dr. Daniel Daniachi

Médico ortopedista especialista em quadril

CRM 117036

Currículo lattes