Ortopedia: conheça tudo sobre

A ortopedia é uma das diversas especialidades possíveis dentro da medicina. O ortopedista é responsável por cuidar das deformidades dos ossos, ligamentos, articulações, músculos, elementos relacionados ao aparelho locomotor assim como as doenças.

O que o ortopedista faz?

O ortopedista pode atuar em cirurgias, estudos, tratamentos de problemas relacionados à locomoção humana, prevenção, e em doenças que afetam tendões, ligamentos, músculos, articulações e ossos. No dia a dia, suas tarefas são:

Realizar consultas

Esse profissional pode atender pacientes em seu consultório, em uma clínica de ortopedia ou de especialidades, ou ainda em um hospital. Ele avalia a queixa de seus pacientes, assim como os sintomas, para detectar possíveis problemas, lesões ou traumas que possam ter sido sofridos.

Solicitar exames

Os exames são fundamentais para que o ortopedista possa analisar de maneira mais profunda o quadro clínico do paciente. Por esse motivo, ele poderá solicitar esses procedimentos conforme suas suspeitas ou de acordo com a necessidade de cada caso.

Fornecer diagnósticos

Há problemas ortopédicos que podem ser diagnosticados já na primeira visita do paciente, porém, há outros onde pode ser necessária a realização da leitura dos exames para se obter um diagnóstico mais preciso ou para tirar dúvidas. 

Prescrever medicamentos

O ortopedista também tem como função receitar medicamentos, que podem ser tanto para o alívio de sintomas, quanto anti-inflamatórios, que possuem uma abordagem mais completa. A prescrição irá depender de cada caso, bem como da necessidade de cada paciente.

Indicar tratamentos

A utilização de medicamentos é somente uma das opções de terapia para as lesões tratadas pela ortopedia. O ortopedista também pode indicar a seu paciente outros tipos de tratamento, de acordo com o quadro apresentado.

É normal que pacientes atendidos por um ortopedista necessitem de:

  • Fisioterapia;
  • Exercícios Físicos;
  • Atividades físicas direcionadas e específicas.

O ortopedista possui a capacidade de aconselhar o paciente quanto às tarefas ou atividades que ele pode ou não realizar. 

Essa é a razão pela qual pessoas com problemas de coluna ou limitações nas articulações e em determinadas partes do corpo necessitam da autorização deste médico para realizar a prática de esportes, frequentar academias ou outras ações que demandem esforço físico.

Realizar acompanhamentos

Nem sempre pacientes que se consultam com o ortopedista possuem algum problema que demande tratamento. Existem casos onde basta o acompanhamento do quadro clínico para garantir a saúde e a qualidade de vida do paciente.

Isso faz com que esse especialista também realize o acompanhamento de pessoas que possuem alguma propensão para desenvolver problemas ortopédicos. 

Principais doenças tratadas por um ortopedista

Alguns ortopedistas são especializados em partes do corpo, como os que cuidam das mãos e punho, tratam problemas como tendinite, dedo em gatilho, síndrome do canal cárpico, artrose, dedo em botoeira e fraturas.

Há também os que tratam problemas congênitos, como malformações, disfunções e pacientes que desenvolvem complicações ao longo da vida ou sequelas de traumas e acidentes. Geralmente, o ortopedista trata:

  • Artrose;
  • Problemas de crescimento;
  • Lombalgia;
  • Lesões dos meniscos;
  • Entorses;
  • Hérnia de disco;
  • Joanete;
  • Bursite;
  • Dedo em garra;
  • Ruptura de ligamentos;
  • Fratura do colo femoral;
  • Pé diabético;
  • Fasceíte plantar.

É muito comum que o profissional ortopedista atue em conjunto com o fisioterapeuta, garantindo melhores resultados e um tratamento mais completo.

Quando devo procurar um ortopedista?

Sentir dor não é normal e da mesma maneira que procuramos um médico quando não nos sentimos bem, seja por febre, desconforto gástrico, tonturas ou feridas na pele, também é preciso procurar um ortopedista quando há dores nos ossos, nos músculos ou nas articulações.

Essas dores ou incômodos podem ser sintomas de uma doença ortopédica que está se manifestando, ou que já se instalou. Por isso é importante procurar um ortopedista se você apresentar:

  • Dores constantes nas costas;
  • Cansaço excessivo;
  • Formigamentos;
  • Rigidez matinal;
  • Calor nas articulações.

Também é importante prestar a atenção em inchaços que possam aparecer nas articulações, bem como alterações em sua estrutura corporal. Deve-se procurar o ortopedista caso tenha sofrido alguma lesão ou sinta dores após a realização de algum esforço físico, ou ainda se sofreu um trauma, como uma pancada.

Como o problema nem sempre se manifesta de forma superficial, a ortopedia cuida das partes do corpo que estão mais ocultas, que não se consegue ver a olho nu.

Por isso, aquela dorzinha incômoda após o futebol ou que surgiu ao carregar uma caixa muito pesada pode não ser apenas uma besteira, e sim uma indicação de que algum problema mais grave requer atenção.

O ortopedista é um profissional muito importante, e por isso deve ser consultado sempre que houver incômodos, limitações de movimentos, houver algum acidente, trauma ou a propensão para o desenvolvimento de doenças ortopédicas. 

Procure a ajuda do ortopedista para que pequenos problemas não se transformem em grandes complicações.

Quero ser ortopedista

Para se tornar um ortopedista, o interessado deve se formar em medicina com duração de  6 anos de graduação. Formando-se em medicina, a pessoa deve escolher a especialização desejada. Neste caso, é a ortopedia. Geralmente varia de 2 a 3 anos, dependendo da instituição. 

O mercado de trabalho para esse profissional é bastante amplo, podendo trabalhar em hospitais, onde a procura por profissionais qualificados é bastante. Pode abrir seu próprio consultório, o que é um ótimo negócio, ou até mesmo trabalhar para grandes empresas particulares que precise desse tipo de profissional a disposição.

Diferença entre ortopedista e reumatologia

A ortopedia trata de problemas mecânicos os quais são relacionados ao sistema musculoesquelético, como luxações, fraturas, lesões de ligamento e outros, já a reumatologia é responsável pelos processos inflamatórios que afetam articulações e tecidos, como fibromialgia, osteoporose, artrite reumatoide, tendinites e outros.

Caso houver dúvidas sobre quando procurar um ortopedista ou um reumatologista, procure antes um clínico geral, ele indicará o profissional adequado.

Quer saber mais sobre ortopedia? Agende sua consulta na Ortopedia Daniachi. 

Artigo escrito por Dr. Daniel Daniachi

Currículo lattes