Dor crônica
Dor crônica

A dor é a reação normal do corpo a uma lesão ou doença, é como se fosse um aviso de que algo não está bem. Quando seu corpo cura, você geralmente para de sentir dor. 

Entretanto, para muitas pessoas, a dor continua muito tempo depois que sua causa desaparece. E quando ela dura de três a seis meses ou mais, é chamada de dor crônica, que passa a interferir na rotina da pessoa.

Com isso, outros problemas passam a aparecer de forma secundária, entre eles:

  • Problemas psicossociais e sentimentos de culpa, medo, vergonha, irritabilidade, ansiedade e depressão.
  • Abuso de álcool e drogas, perda do emprego, ganho de peso e problemas conjugais.
  • Sedentarismo que pode levar a uma piora em doenças como pressão alta, diabetes e obesidade.
  • Insônia, o que faz com que a pessoa passe a se sentir fatigada e desmotivada.
  • Dependência de medicamentos.

O tratamento da dor crônica não é simples e deve envolver uma abordagem multidisciplinar para fazer o paciente entender o problema e enxergar uma possibilidade real de melhora.

Dependendo do caso de cada paciente, diversas terapias poderão ser indicadas para o tratamento da dor crônica, entre elas: terapia cognitivo-comportamental, acupuntura, psicoterapia, terapia ocupacional, fisioterapia e técnicas de relaxamento, como meditação.